paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

quinta-feira, setembro 15, 2005

Fraseologia

Ando às voltas com a nova fraseologia das componentes. Ainda não consultei a lei, por isso apanho literalmente do ar.

Vamos ver, parece que é assim; o horário de um professor tem diversas componentes com peso horário semanal variável, consoante as situações concretas de cada um:
[1] a componente lectiva, que consiste na carga horária de aulas, que pode ser de 22, 20, 18, 16, 14 ou 12 [?], conforme a antiguidade, tempo de serviço e idade;
[2] a componente de trabalho de escola, que é nova, de carga variável, e que consiste no tempo que cada professor deve passar em trabalho presencial na escola, com funções e tarefas específicas;
[3] o trabalho individual e reuniões, que consiste no tempo dispendido individualmente nas tarefas de preparação de aulas, correcções de testes, etc, habitualmente em casa, mais as reuniões de escola, componente que pode ser de 7 ou 9 horas, mais as 2 da reunião;
[4] finalmente há o tempo superveniente, de 1 ou 2 horas, e que resulta da conversão de aulas de 50 minutos em meios blocos de 45, que se verificou no novo modelo.
Agora estará bem?

7 Comments:

Enviar um comentário

<< Home