paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

quinta-feira, agosto 18, 2005

Justiça Poética

Só mais uma nota: estou de momento [bom, pelo menos a partir da tarde de amanhã...] em trabalho de arrumação poética. Explico melhor aqui, no meu outro blog, o das leituras. Para ler sobre a evolução dos trabalhos de organização do breve espólio do poeta Sebastião, de que tentarei dar conta ao correr das surpresas que for encontrando, é ali mesmo. Trata-se de uma contribuição pessoal para recordar a obra e a pessoa intrinsecamente boa de um poeta que deixou uma obra de autor, em livros impressos num papel pardo cor de embrulho, tão característico das edições custeadas a expensas próprias, como era sempre o caso. É uma espécie de justiça poética. Ver aqui. Prometo [se nenhum contratempo sobrevier] diversas actualizações diárias. Ao vivo, em directo.

9 Comments:

Enviar um comentário

<< Home