paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

terça-feira, janeiro 11, 2005

A Capital dos mais pequeninos

Uma notícia do Diário Digital, a que cheguei através do Jornalismo e Comunicação, dá conta das mudanças que se estão a verificar no jornal A Capital. Desde há anos já que este jornal simpático e cinzentinho definhava a olhos vistos.

Há poucos anos visitei com alunos do jornal escolar a redacção de A Capital, ali para os lados da Fundação Gulbenkian. Notava-se o trabalho de artesanato e a simplicidade de recursos de uma redacção modesta. A nossa anfitriã confirmou, para surpresa minha, que A Capital era e queria ser um jornal regional. A ideia falhou e foi preciso arregaçar as mangas para evitar que o jornalinho desaparece.

Entretanto Luís Osório apanhou o jornal em queda e com energia e voluntarismo está a tentar recomeçar de novo. Pergunto-me quem lerá A Capital, que tira cerca de 20.000 exemplatres diários? Para além de Lisboa e arredores...

Ontem comprei o novo jornal, por causa da nota do Jornalismo e Comunicação. Gosto das primeiras páginas que têm saído recentemente e do lettering de abertura. Tenho mais dúvidas quanto ao interior do jornal. A aposta numa nova geração de colunistas é um traço que distingue o jornal e o singulariza na imprensa portuguesa. Prometer diariamente 16 colunas de opinião, de jovens escritores e jornalistas, é uma boa aposta. Só espero que não canse demasiado depressa. As crónicas que li seguem quase invariavelmente a fórmula do post breve e informal. Aquelas crónicas obviamente são posts. Nada a objectar.

Só não encontrei o que procurava. Na notícia do Diário Digital falava-se numa página diária dedicada às crianças, com a explicação, em linguagem adequada, de notícias do dia. Que eu tenha visto essa página ainda não apareceu na edição de ontem, nem é anunciada na edição on line. Espero para ver e aplaudir. Precisamos na imprensa portuguesa de verdadeira informação para crianças e jovens.