paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

segunda-feira, novembro 29, 2004

Revista da quinzena [15 a 28 de nov]

O tempo, nas camadas mais finas da blogosfera, corre depressa e uma quinzena é um ápice. Aqui fica uma sinopse – resumo da matéria dada, post a post, destes últimos dias.

Um debate no outroolhar do Miguel Pinto acerca do que é, do que deve ser um bom clube escolar, levou-nos a reflectir e a contribuir modestamente com alguns posts:
Esta paixão da Escola Cultural, foi o primeiro deles;
Há causas... e causas: algumas perguntas, reúne dúvidas e perplexidades a que não podemos fugir na discussão destes assuntos.

Há paixões e paixões foi a resposta do Joaquim Sande Silva à futebolização do país e da política.

Dois posts de fundo, ao fim de semana, como é costume na [paixão]:
O Bandeirantes de S. Paulo: créme de la creme, dedicado aos nossos amigos brasileiros e ao colégio modelo da grande metrópole paulista cujo site frequentemente revisitamos;
Alguns jornais na rede, sobre os jornais electrónicos publicados pelas escolas, na esteira do Concurso de Jornais escolares do Público.

Consulta pública do Despacho Normativo que regula a avaliação dos Alunos do Ensino Básico, sobre o documento deixado pelo ministério à consulta das escolas, até ao final deste mês.

TPC para quê?, sobre a greve aos trabalhos de casa, com link para uma matéria do jornal Público.

Google Scholar is Born, anunciando a chegada de um motor de busca dedicado à educação.

Teoria e prática de weblogs, linkando textos de reflexão sobre os blogues e a escrita na blogosfera

Como se vê uma quinzena cheia de acontecimentos, numa conjuntura volátil. Animada pela recepção hipercrítica à pergunta do referendo sobre a Constituição Europeia, em sobressalto com o episódio da remodelação governamental e a demissão do ministro do Desporto. Uma quinzena rica de congressos partidários, o do PPD/PSD e do PCP, este aqui mesmo à nossa beira. A quinzena da entrevista do 1º ministro à RTP, num período de notória hibernação da ministra da educação. Foi também a quinzena do primeiro aniversário da causa nossa, do 19º aniversário da Manuel Cargaleiro e do 18º aniversário da João de Barros. A quinzena do regresso a casa [ao Porto] de João Moreira Pinto, do blogue casa em construção... depois de dois meses e meio no hemisfério de Timor, como médico voluntário da AMI. Como se vê... uma quinzena de perder o fôlego.