paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

segunda-feira, novembro 15, 2004

Revista da quinzena [1 a 14 de nov]

Mais uma quinzena, a terceira, desde que a [paixão] começou a sério, com posts regulares. Muitos temas, muitas notícias, opinião e a tentativa de levar um pouco mais longe o vector informativo que decidimos imprimir ao blog. Aqui ficam as referências aos post mais relevantes.

Depois do anúncio dos jornais escolares vencedores do Concurso do Público, do ano lectivo passado, postamos:
No tempo do Correio de JB, a evocação de uma experiência de imprensa escolar bem sucedida;
Correio de JB...que saudades!, as memórias de uma participante muito activa do Correio de JB, a Ana Carina;
Um jornal escolar de resistência, numa alusão ao Celeiro, jornal da escola secundária Moinho de Maré.

Ainda a propósito de jornais e de leitura de imprensa, de educação para os media e pelos media, os posts:
Pôr a rapaziada a ler jornais, pois claro senhor Secretário de Estado, na sequência de um texto publicado no Expresso, acerca da promoção da leitura de jornais;
Jornal Na Rede, da sec do Fogueteiro, realiza debate on line, um breve questionário acerca de uma curiosa experiência de debate on line, por parte de alunos e professores da Manuel Cargaleiro.

As eleições americanas foram motivo para sugestões, diversos posts e algumas descobertas curiosas:
Contar e recontar os boletins de voto há quatro anos, um relato de uma experiência pedagógica realizada a propósito do impasse do confronto eleitoral entre W Bush e Gore;
Sobre a presumível estupidez do eleitorado americano, texto de opinião sobre a nossa percepção acerca dos resultados eleitoriais de 3ª feira, dia 2;
"Na escolinha do pensamento único", referência sucinta a um texto de Helena Matos no jornal Público, sobre o mesmo assunto do post anterior;
Mobloggin in USA, acerca de um Moblog reunindo fotos das assembleias de voto e do próprio exercício eleitoral de cidadãos vulgares;
The Stranger.com sugere..., acerca de um site de crítica radical à política externa norte-americana;
HOJE VOTO EU... as nossas TRADIÇÕES..., um post do José Rabaça que retoma, noutra perspectiva, inesperada, o tema das eleições americanas.

Depois os primeiros posts (compreende-se o nervosismo):
de volta à paixão, do Joaquim Sande Silva, reflectindo sobre o Ensino Superior;
O meu primeiro POST - Bom Dia PAIXÃO, do Manuel Cruz, procurando desesperadamente um tema sério num país em baixa;
blog, do Fernando Guimarães, lutando com a própria dificuldade de blogar.

Numa vertente mais informativa e de desenvolvimento:
Geografismos: uma experiência pedagógica entre a divulgação científica e o jornal de parede, longo questionário que dirigimos ao Luís Palma de Jesus, acerca da sua experiência com blogues (obrigado pela paciência);
AlmadaInforma esclarece dúvidas e perplexidades sobre opções do traçado do MST, outro questionário mas desta vez, exorbitando ligeiramente, dirigido ao boletim AlmadaInforma, que respodeu às nossas dúvidas acerca das obras do futuro metropolitano de superfície.

Notas sobre o que está a mudar, um post recente, em que se referem algumas reflexões e tópicos sobre as consequências das actuais tecnologias de comunicação nas nossas atitudes - desde logo o telemóvel, esse instrumento mágico que já ninguém se recorda de não ter possuído.

E mais posts, breves e longos, tópicos ou generalistas. Numa quinzena marcada pelas eleições americanas, pela publicação do resultado do Concurso Nacional de Jornais Escolares do Público, pela discussão em torno do "opaco" Orçamento do Estado, pela morte de Arafat (que não mereceu qualquer referência aqui), pela continuação do sucesso sufocante da Quinta das Celebridades e pela goleada do Sporting ao Boavista, por 6 a 1. Amanhã há mais.