paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

terça-feira, novembro 09, 2004

O João no seu labirinto

O João é um menino da escola de Vinhas, em Macedo de Cavaleiros. O João tem outros amigos de escola: o Tiago, a Filipa, o André, o Miguel, o Pedro, o José e o António. Mas estes amigos são imaginários e foram inventados pelo João, que é, desde há dois anos, o único aluno da sua escola. A professora Eugénia Ribeiro, que se sente sem apoio para ajudar uma criança que, para além de criativa, também parece revelar sinais de hiperactividade, aceita estas fantasias do João e tolera os seus amigos imaginários.

Este ambiente de "carência" e ausência estímulos, no grau zero de uma socialização equilibrada e rica que desejamos para os nossos filhos, para todos os filhos, onde a solidão da sala de aula só pode ser vencida com um povoamento imaginário, é a melhor imagem dos últimos tempos da interioridade e do abandono de um "certo país". Quando não há é preciso inventar. Também é uma metáfora da educação em Portugal.

A reportagem passou na RTP, no Jornal da uma. Provavelmente passará de novo logo à noite, pelas 20 horas. A não perder.

1 Comments:

  • At 4:00 da tarde, Blogger Prof. Teresa said…

    Boa tarde! Em resposta ao comentário de José G. Teixeira deixado no "Blogica_mente" (e que, desde já, se agradece): a foto miniatura da entrada do "paixão..." não é mais do que um jpeg feito através de um print screen. É uma foto normal, sim, enviada para o blog através do Hello como as outras.
    Continuação de bom trabalho!

     

Enviar um comentário

<< Home