paixão da educação

a história de um lento regresso à escola, contada pelo 'próprio'

quarta-feira, outubro 13, 2004

Morreu a professora Maria Rosa Colaço

A professora, escritora e jornalista Maria Rosa Colaço morreu hoje aos 69 anos de idade. Numa entrevista publicado há dois anos em a Página da Educação declarou: "Eu nunca tive tanta esperança no ensino como agora. Acho que o professor é o passaporte para aquilo que há de bom no mundo." Publicou, entre outras obras a celebrada "A Criança e a Vida" (1984), "Aventura com asas" (1989), "Maria Tonta como eu" (1995), "Viagem com Homem Dentro" (1998), "Espanta Pardais" (2001), "O Coração e o Livro" (2004). Participou em diversos programas televisivos para crianças e peças de teatro. Maria Rosa Colaço deu aulas, como professora do ensino básico, em Moçambique e em Cacilhas, Almada. Um agrupamento de escolas deste concelho possui hoje o seu nome.

1 Comments:

  • At 7:17 da tarde, Blogger José Rabaça Gaspar said…

    Uma ROSA para a ROSA:
    Li a notícia. Não sabia. Fiquei triste mas fiquei contente. A ROSA de - A CRIANÇA e a VIDA - aquele livro pequenino que a ITAU publicou, anda comigo no bolso desde 1972 e já tem comentários de 1963 e 1968. Daí a minha surpresa quando vi a data da publicação... Talvez uma mais recente...
    Transcrevo só para os utopistas dos anos sessenta as primeiras palavras da introdução:
    «Companheira do sol e das raízes, cheguei à grande cidade.
    Numa mão levava o diploma, na outra o medo.»
    Aí fica a minha ROSA para a ROSA!

     

Enviar um comentário

<< Home